Quais são os sinais de baixa testosterona nos homens?

What Are Signs Low Testosterone Men

Kristin Hall, FNP Revisado clinicamente porKristin Hall, FNP Escrito por nossa equipe editorial Última atualização em 15/05/2021

Dos muitos papéis da testosterona na função e no desenvolvimento humano (para homens e mulheres), a maioria de nós a conhece como o hormônio que transforma meninos em homens.

A testosterona é responsável por várias funções essenciais em seu corpo, desde o desenvolvimento de sua voz, cabelo e órgãos genitais até a manutenção de sua função sexual e fertilidade.





Também desempenha um papel significativo no seu bem-estar mental, ajudando a administrar tudo, desde o seu humor até o seu nível de interesse por sexo.

O corpo masculino produz testosterona em uma taxa específica para cada indivíduo. Mas o que acontece quando seu corpo não produz o suficiente?



Abaixo, listamos vários sinais que você pode sentir se seus níveis de testosterona estiverem abaixo do normal, desde mudanças na maneira como você pensa e sente até mudanças físicas que podem afetar seus músculos, ossos e até mesmo seu desempenho sexual.

Também explicamos o que você pode fazer se achar que pode ter níveis baixos de testosterona e quiser agir e tratá-la.

O que é testosterona?

A testosterona é o principal hormônio sexual masculino. Pertence a uma classe de hormônios conhecidos como andrógenos.



Embora a testosterona esteja presente em homens e mulheres, é produzido em quantidades muito maiores nos homens.

Nos homens, a testosterona é produzida nos testículos, onde o que é chamado Lydig as células funcionam para converter o colesterol em testosterona.

Os níveis de testosterona podem variar significativamente entre os indivíduos. Nos homens, o faixa padrão para testosterona está entre 300 a 1.000 nanogramas por decilitro de sangue (ng / dL), ou 10 e 35 nanomoles por litro (nmol / L).

Também é comum que os níveis de testosterona flutuem ao longo do dia. A maioria dos homens experimenta sua maior produção de testosterona pela manhã, com os testículos produzindo menos testosterona à noite.

A maioria dos homens tem níveis ideais de testosterona saudáveis ​​quando são jovens. No entanto, é comum experimentar um declínio gradual na produção de testosterona quando você chega aos 40 anos.

Embora a diminuição da testosterona seja normal, pode ocorrer em um ritmo anormalmente rápido para alguns homens.

Quando os níveis de testosterona caem abaixo da faixa saudável, isso geralmente é referido como testosterona baixa, T baixo ou hipogonadismo.

A baixa testosterona é um problema de saúde masculino relativamente comum. Pesquisar publicado em Fronteiras em Endocrinologia observa que aproximadamente 40% dos homens com mais de 45 anos têm níveis clinicamente baixos de testosterona.

Esta mudança na produção de testosterona pode levar a problemas com desejo sexual, produção de esperma, massa muscular, distribuição de gordura, densidade óssea e até produção de glóbulos vermelhos.

déjà vu justin bieber post malone
comprar viagra online

viagra genuíno. você nunca vai olhar para trás.

comprar viagra começar a consulta

Testosterona total vs. testosterona livre vs. testosterona biodisponível

Se você já pesquisou por informações sobre níveis de testosterona , você pode ter encontrado termos como testosterona total, testosterona livre e testosterona biodisponível.

Esses termos se referem à testosterona que está flutuando livremente em seu sangue ou ligada a certas proteínas.

A testosterona livre - como o próprio nome sugere - circula livremente no sangue sem se ligar a nenhuma proteína.

Este tipo de testosterona é responsável por uma porcentagem relativamente pequena de sua testosterona total - e geralmente, apenas cerca de um a dois por cento de sua testosterona total está neste estado em um determinado momento.

A maior parte da testosterona em seu corpo está ligada a uma proteína chamada globulina de ligação de hormônio sexual ou SHBG.

Esta testosterona não é gratuita para acessar suas células e geralmente é considerada inativa. No entanto, ainda é medido como parte de sua testosterona total.

Finalmente, cerca de metade da testosterona restante em sua corrente sanguínea é ligada à albumina, uma proteína produzida pelo fígado.

Ao contrário da testosterona ligada ao SHBG, esta testosterona pode acessar as células livremente e trabalhar seus efeitos por todo o corpo.

Testosterona total é um termo usado para se referir a toda a testosterona que está circulando em seu sangue, seja ela livre ou ligada à albumina ou SHBG.

Testosterona livre refere-se apenas à testosterona que circula livremente sem estar ligada a qualquer tipo de proteína. Finalmente, a testosterona biodisponível refere-se à testosterona que está livre ou ligada apenas à albumina.

É importante manter esses diferentes tipos de testosterona em mente se você fizer um exame de sangue de testosterona.

Se o seu nível total de testosterona está dentro da faixa saudável, mas você ainda está tendo sintomas de testosterona baixa, pode ser que seus níveis de testosterona biodisponível estejam baixos.

Quais são os sinais mais comuns de baixa testosterona?

A baixa testosterona pode causar vários sintomas, desde alterações em sua massa muscular e saúde óssea até problemas que afetam o humor, a energia e a função sexual.

Se você tem níveis baixos de testosterona, pode notar um ou mais sintomas.

Listamos vários dos sinais mais comuns de baixa testosterona em homens abaixo, junto com informações sobre como cada problema pode afetar sua saúde e bem-estar.

Impulso sexual reduzido (libido)

Um dos sinais mais comuns de baixa testosterona é um baixo desejo sexual .Você pode notar que tem menos interesse na atividade sexual ou que não passa muito tempo pensando em sexo.

Muitos homens notam um declínio no desejo sexual com a idade, mas a baixa testosterona pode causar uma redução mais drástica, especialmente em homens mais jovens.

Contrário à crença popular, a baixa testosterona tem apenas um elo fraco com a disfunção erétil e não é uma causa comum de disfunção erétil.

Diminuição do volume de sêmen e baixa contagem de espermatozoides

Os andrógenos como a testosterona e a di-hidrotestosterona desempenham um papel importante na estimulação da próstata e das vesículas seminais, que são responsáveis ​​pela produção do sêmen.

A baixa testosterona também pode afetar a capacidade do seu corpo de produzir espermatozoides, resultando em uma contagem reduzida de espermatozoides. Em alguns casos, níveis baixos de testosterona podem até resultar em infertilidade.

Diminuição do tamanho do testículo

Além de produzir uma quantidade menor de esperma, seus testículos podem se tornar fisicamente menores à medida que seus níveis de testosterona diminuem.

Um estude publicado no jornal Andrologia encontraram uma associação entre níveis de testosterona abaixo do normal e volume testicular reduzido.

No entanto, isso não significa necessariamente que seus testículos encolherão se você for afetado pelo T baixo.

Perda de cabelo corporal

A testosterona desempenha um papel importante no crescimento do cabelo. Se você tem testosterona baixa, você pode notar que os pelos do seu corpo não crescem tanto quanto antes.

Além de afetar o crescimento dos pelos no corpo, a baixa testosterona também pode reduzir o crescimento dos pelos faciais.

Distúrbios do sono

A baixa testosterona pode causar distúrbios do sono e distúrbios como insônia. Se você tem níveis de testosterona abaixo do normal, pode ter dificuldade para adormecer ou continuar dormindo à noite.

Baixa energia e fadiga

Como a baixa testosterona pode afetar a qualidade do sono, você pode se sentir cansado e menos motivado para realizar certas atividades ao longo do dia.

Alguns homens com baixa testosterona relatam sentir-se cansados, mesmo depois de dormir uma boa quantidade de sono.

Outros relatam sintomas como resistência física reduzida, o que pode tornar algumas tarefas mais desgastantes fisicamente e difíceis de executar.

Perda de massa muscular

Como um hormônio anabólico, a testosterona desempenha um papel fundamental na construção e manutenção da massa muscular.

Se você tem níveis baixos de testosterona, pode ocorrer uma diminuição na massa muscular e na força física.

Certos exercícios, como levantamento de peso e ginástica calistênica, podem ser mais difíceis de realizar do que no passado.

É importante ter em mente, no entanto, que mudanças em sua massa muscular nem sempre causam mudanças na força ou função muscular.

Aumento de gordura corporal

Além de perder massa muscular, você pode notar mudanças na composição corporal e aumento no nível de gordura.

Pesquisar mostra que a obesidade reduz a testosterona e que o tamanho da cintura é um forte indicador de baixa testosterona, o que pode agravar ainda mais o problema.

Perda de massa óssea

A testosterona é um hormônio importante para o crescimento e manutenção óssea. Se você tem níveis baixos de testosterona, é mais provável que sofra de perda de massa óssea.

Isso pode aumentar o risco de desenvolver fraturas.

Com o tempo, os efeitos da baixa testosterona nos ossos podem resultar em doenças esqueléticas, como a osteoporose.

Mudanca de humor

A testosterona não apenas desempenha um papel em muitos processos fisiológicos, mas também pode ter um impacto em sua função cognitiva, desempenho e humor.

Se você tem testosterona baixa, pode ter um risco maior de desenvolver transtornos de humor, como depressão.

A baixa testosterona também pode causar dificuldade de concentração e dificuldade em encontrar palavras para usar na conversa.

Problema de memória

Além de afetar sua capacidade de concentrar ou verbalizar seus pensamentos, a baixa testosterona costuma estar associada a problemas de memória.

Alguns homens com níveis baixos de testosterona relatam ter nevoeiro cerebral e memória fraca.

Combinado com os outros sintomas cognitivos listados acima, isso pode ter um efeito negativo em seu local de trabalho ou desempenho acadêmico.

Apesar de tudo isso, pesquisar não encontrou uma ligação clara entre a suplementação de testosterona e uma melhora na memória em homens com baixo nível de testosterona.

Redução da contagem de glóbulos vermelhos (anemia)

A testosterona desempenha um papel fundamental na criação de glóbulos vermelhos em seu corpo, que são essenciais para fornecer oxigênio aos órgãos e remover dióxido de carbono de seu corpo.

Pesquisar mostra que homens e mulheres mais velhos com baixa testosterona têm contagens de glóbulos vermelhos mais baixas e um risco aumentado de desenvolver anemia.

O que você pode fazer com a baixa testosterona?

Conforme você envelhece, seus níveis hormonais mudam naturalmente. Para as mulheres, a produção do hormônio feminino primário estrogênio cai na menopausa, causando uma série de mudanças físicas.

Para os homens, embora o declínio não seja tão repentino ou significativo, é comum que os níveis de testosterona diminuam gradualmente ao longo do tempo.

Se você acha que pode ter níveis baixos de testosterona, é melhor conversar com seu médico ou marcar uma consulta com um urologista.

Eles poderão verificar seus níveis de testosterona, bem como seus níveis de hormônio luteinizante (LH), prolactina, hemoglobina e outros hormônios relacionados, com um simples exame de sangue.

Se sua testosterona total estiver abaixo de 300 ng / dL, seu médico pode sugerir o uso de terapia de reposição de testosterona (TRT) para aumentar seus níveis de testosterona.

Terapia de reposição de testosterona (TRT)

A terapia de reposição de testosterona, ou terapia de testosterona, é uma forma de terapia de reposição hormonal para homens.

Esta forma de tratamento envolve o uso de testosterona artificial para aumentar os níveis de testosterona e tratar os sintomas da baixa T.

A testosterona suplementar usada para TRT vem em várias formas, incluindo adesivos para a pele, géis tópicos, comprimidos, implantes e testosterona injetável.

A terapia de reposição de testosterona tem benefícios reais, mas também pode causar efeitos colaterais.

Isso inclui problemas menores, como irritação da pele (especialmente com géis e líquidos) e problemas mais sérios, como aumento do risco de coágulos sanguíneos, doenças cardíacas e aumento da próstata.

Em alguns casos, a TRT pode contribuir para problemas cosméticos, como ginecomastia, uma forma de crescimento dos seios masculinos.

Você pode aprender mais sobre os benefícios e riscos do TRT em nosso guia completo para terapia de reposição de testosterona .

Aumentando a testosterona naturalmente

Se você está preocupado com seus níveis de testosterona, mas o TRT não é para você, existem outras opções disponíveis.

Embora mudar seus hábitos possa não ser suficiente para tratar a testosterona clinicamente baixa, certas mudanças no estilo de vida podem ajudar a aumentar a produção de testosterona naturalmente.

Isso inclui exercícios mais frequentes (particularmente realizando treinamento intervalado de alta intensidade, ou HIIT), minimizando o estresse, comendo uma dieta que reforce a testosterona e, se você estiver com sobrepeso ou obeso, fazer um esforço para eliminar o excesso de gordura corporal.

Nosso guia para aumentando os níveis de testosterona fornece mais informações sobre essas táticas e sua eficácia.

Medicamento para disfunção erétil

Embora seja incomum que a baixa testosterona cause disfunção erétil, alguns homens com baixa T podem achar difícil obter ou manter uma ereção.

Se você tem disfunção erétil e baixa testosterona, seu médico pode prescrever Medicação para disfunção erétil tal como sildenafil (o ingrediente ativo em Viagra ®, Viagra genérico ) para facilitar a obtenção e manutenção de uma ereção.

Nosso guia para os tratamentos mais comuns para DE entra em mais detalhes sobre esses medicamentos e seus efeitos.

sildenafil online

fique duro ou seu dinheiro de volta

comprar sildenafil começar a consulta

Se você tem baixa testosterona, as opções estão disponíveis

A baixa testosterona é um problema comum para os homens que pode afetar tudo, desde o desejo sexual até o humor e a função cognitiva.

Embora seja natural experimentar algum declínio na produção de testosterona ao longo do tempo, inúmeras opções de tratamento estão disponíveis que podem ajudá-lo a manter os níveis de testosterona saudáveis ​​quando você chega aos 40, 50, 60 anos e além.

19 fontes

Este artigo é apenas para fins informativos e não constitui aconselhamento médico. As informações contidas neste documento não substituem e nunca devem ser consideradas para aconselhamento médico profissional. Sempre converse com seu médico sobre os riscos e benefícios de qualquer tratamento.